Bloco K, burocracia do fisco ou oportunidade de crescimento?

O bloco K é um livro de controle de produção do estoque, que registra todo o processo de produção: dos insumos, a saída do produto para o mercado. Essa escrituração fiscal que era feita manualmente, agora, passa a ter a obrigatoriedade do registo no ambiente digital.

O que muitos gestores não enxergam nesse processo é uma oportunidade para se destacar no seu mercado. Com reconhecimento de todos os processos de produção e com controle preciso do estoque, você consegue rastrear suas perdasidentificar oportunidades de vendas com produtos parados no estoque e se preparar para períodos de uso intenso de determinados materiais.

Controlando tudo o que é produzido e consumido, sua empresa tem à disposição indicadores de crescimento, o que facilita as estratégias de diferenciação de produto no mercado como:  competitividade em custos, preços e bom prazo de entrega dos materiais.

Ligado diretamente a linha de estoque na empresa, a maior mudança do projeto SPED no Bloco K é cultural. Uma mudança de cultura deve ser planejada e com etapas definidas: envolva sua equipe em todos os aspectos, análises e construção do novo processo e tenha muito bem definido o papel de cada um neste projeto. Vale também ter como apoio uma equipe externa, que conheça sua forma de trabalho ou setor, e oriente esta mudança minimizando erros e retrabalhos.

Algumas dicas de como gerir a mudança de cultura organizacional:

  • Formação da equipe de mudança: Certifique-se que seus líderes estejam preparados para disseminar as mensagens – conduzindo o restante da equipe.
  • Elimine obstáculos: Analise sua equipe e identifique pontos de conflito com as mudanças, demonstre os resultados para instigar a melhoria.
  • Implemente a mudança: Após implementar o processo continue gerenciando os times para aprimoramento dos processos – os resultados serão ainda mais visíveis.

Implementar e gerenciar mudança não é uma tarefa fácil, mas as oportunidades que veem com a chegada do bloco K merecem sua atenção.

Aumente sua competitividade e reduza suas perdas no processo de produção, com um controle de estoque padronizado de acordo com a lei vigente. Visto que a tecnologia é uma necessidade para aderir às novas exigências, já que planilhas e controles manuais não serão aceitos e nem são confiáveis para tratar como um documento fiscal; uma boa solução para se adequar a essas exigências são softwares de gestão especializados no controle de produção, eles possibilitam um controle preciso de estoque junto a sua equipe de controle. 

Muito mais do que apenas uma adequação às exigências do Fisco, as adequações podem trazer à tona diferenciais competitivos e diversas melhorias já tratadas neste artigo. Prepare sua empresa para estas mudanças e entre em contato com seu contador, informe-se sobre os prazos de obrigatoriedade do registro de controle da produção e do estoque (Bloco K) – saiba mais.

Deixe uma resposta